Covid – Prevenção de riscos no ambiente de trabalho

Listamos as 10 principais considerações

Essa semana, novas medidas foram publicadas para a prevenção dos riscos relacionados à COVID-19 no ambiente de trabalho. Essas medidas ajudam a conter a doença e consequentemente freiam a curva de contaminação, que é a maior ameaça para todo o sistema de saúde.

Em nosso site, já publicamos uma página sobre o tema COVID, onde reunimos informações, para ler, basta clicar aqui.

Entendemos que muitas empresas terão que se reposicionar e fortalecer administrativamente e financeiramente, mas, também sanitariamente, cuidado da saúde de seus colaboradores.

Portaria n 19 – Para indústria de abate e processamento de carnes/derivados destinados ao consumo humano e laticínios. Entra em vigor a partir da data de sua publicação (19/06/20).

Portaria n 20 – Se aplicaàs atividades no geral, exceto serviços de saúde.

As portarias estabelecem, principalmente que:

  1. As organizações devem informar e orientar sobre a doença e os cuidados individuais e coletivos: forma de contágio, sinais e sintomas e cuidados necessários para redução da transmissão no ambiente de trabalho e na comunidade. Os trabalhadores com sinais e sintomas compatíveis à COVID-19 devem passar por afastamento.
  2. Deve se manter a distância mínima de um metro entre trabalhadores, bem como trabalhadores e o público. Na impossibilidade do distanciamento, deve-se manter o uso de máscara cirúrgica ou de tecido e adotar divisórias impermeáveis ou fornecer proteção facial do tipo viseira plástica ou óculos de proteção. E para as demais atividades, manter o uso de máscara cirúrgica ou de tecido.
  3. Limitar a ocupação de elevadores, escadas e ambientes restritos, incluindo instalações sanitárias e vestiários.
  4. Priorizar o teletrabalho ou trabalho remoto, quando possível, evitando reuniões presenciais.
  5. Desinfecção dos locais de trabalho e áreas comuns no intervalo entre turnos ou sempre que houver a designação de um trabalhador para ocupar o posto de trabalho de outro.
  6. A organização deve disponibilizar recursos para a higienização das mãos próximos aos locais de trabalho, incluindo água, sabonete líquido, toalha de papel descartável e lixeira, com abertura que não demande contato manual, ou sanitizante adequado para as mãos, como álcool a 70%.
  7. Trabalhadores em grupos de risco devem, prioritariamente, permanecerem em casa, ou terem a opção do trabalho remoto.
  8. Os trabalhadores devem ser distribuídos em horários diferentes para o uso do refeitório e a distância mínima seja respeitada entre as pessoas nas filas e nas mesas. Para os vestuários, a orientação é que se evitem as aglomerações e continuem o uso de máscaras.
  9. Em caso de transporte fornecido pelas empresas, deve ser condicionar o uso de máscaras e higienização regular das superfícies mais tocadas do veículo.
  10. Em caso de confirmação da doença, o funcionário deverá ser afastado pelo período de 14 dias. Os suspeitos devem ser afastados e retornarem ao trabalho após 72h em que estiverem assintomáticos.

Leave A Comment